Menu

Um rufar de bateria e longo e entusiasmado ronco da cuíca ao vereador Milton Leite.

05 OUT 2015
05 de Outubro de 2015

Parabéns vereador! Pois além de parlamentar no dia a dia, preocupado com os milhares de problemas da cidade de São Paulo, mostrou  que é sambista de fato, ao apresentar na Câmara Municipal o projeto de lei que anistia a taxa do IPTU até o ano de 2014 a todas agremiações de escolas de samba que estão em atraso com imposto.


A iniciativa dá um “Ufa” as escolas de samba que estão com suas quadras sob o risco de interdição ou despejo por falta de pagamento do imposto municipal. O projeto de lei, publicado no DOM (Diário Oficial do Município) do dia 30 de setembro de 2015, foi sancionado pelo prefeito Fernando Haddad, que também abraçou a causa. 


Segundo o presidente da LIGA (Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo), Paulo Sergio Ferreira, o Serginho, “a medida vem em boa hora e de encontro com as necessidades das escolas, para pelo menos aliviar um pouco, as dificuldades que todas estão enfrentando para colocar o Carnaval na avenida, neste momento de crise que passa o país. Tem muita gente que vai dormir um pouco mais tranquilo, sabendo que essa dívida da quadra foi perdoada”, declarou Serginho.
Para Milton Leite, que no cenário do samba é presidente de honra da Escola de Samba Terceiro Milênio, o próximo passo agora é pleitear junto ao executivo municipal que todas as escolas de samba se beneficie também da isonomia de impostos que igualmente atende aos Clubes de Futebol Profissional. “Uma lei que pode contribuir muito com a importância das escolas de samba exerce na nossa cultura”, finalizou o vereador.


A boa notícia foi anunciada durante a coletiva de Imprensa da Liga, para o lançamento do Ingressos do Carnaval 2016, no Hotel Holiday Inn Parque Anhembi, no último dia 1º. de outubro.

 

Valdir Sena

Já curtiu a página no Facebook?
Verificação
informe os caracteres da imagem
Voltar