Menu

Camisa Verde e Branco realizou o primeiro ensaio geral rumo ao Carnaval 2018.  

06 JAN 2018
06 de Janeiro de 2018

A tradicional Escola de Samba da Barra Funda, Camisa Verde e Branco, abriu na noite de ontem (05), a maratona dos ensaios técnicos no Sambódromo Anhembi. A Escola trouxe todos os seus setores, chamado de Ensaio Geral.

A Camisa que há seis anos está no grupo de acesso lutará em 2018 para sua ascensão  à elite do carnaval paulistano,  com o enredo 100% Camisa Verde e Branco carnavalizando Mário de Andrade. O berço do samba, o poeta e o herói na Paulicéia Desvairada.    A escola apresentou  um ensaio morno,  ainda não  caraterístico da grande escola que é a Camisa.

Em entrevista a Equipe Sintonia de Bambas, a carnavalesca Vaníria Nejelschi falou de suas expectativas para esse carnaval, que são as melhores. Comentou que vem acompanhando todos os detalhes da evolução das alegorias e de que nada escapa ao seu olhar atento.     Perguntamos também à carnavalesca sobre a grande crise financeira que assola as diversas áreas, principalmente  as culturais, e de como a Camisa está fazendo pra driblar essa situação:   “A dificuldade financeira está fazendo com que eu  redobre o cuidado com a economia,  tudo que vem a minha frente eu  reciclo”. E completa : “O nosso diferencial também está  no nosso enredo .... ele é lindo, todos cantam... Tenho certeza que faremos um bom Carnaval”. Finaliza Vaníria.

Se por um lado a Verde e Branca da Barra Funda está economizando, por outro lado não economizou nem um pouco, a nova Rainha de Bateria Carol Amaral, dona de um lindo corpo escultural, foi prova disso. A beldade foi atração principal da Avenida e atraiu os olhares de todos, principalmente dos fotógrafos.

A Camisa Verde e Branco, será a 5ª escola a pisar na Passarela dos Sonhos, pelo grupo de acesso  no domingo (11/02).

 

Por Shirlei Dias

Fotos: Nelson Gariba.

Voltar