Menu

Com chapéu de “paia” na mão, Dragões da Real define seu samba 2018.

27 AGO 2017
27 de Agosto de 2017

Outra grande escola do grupo de Elite do carnaval paulistano, Dragões da Real, definiu seu hino oficial para 2018, nessa noite de sábado (26/08). A grande disputa final se deu entre dois sambas enredos, onde os poetas trouxeram em forma de samba toda trajetória, amor e dedicação do Caipira.  “ Sou Caipira ... Pira... Pora Nossa...” nessa perspectiva o homem simples da roça será retratado em sua cultura extremamente rica, com o enredo “Minha Música, Minha Raiz. Abram a Porteira Para Essa Gente e Feliz”,  na Avenida pelos componentes da Caverna do Dragão.

Quem assina a produção artista desse grande enredo é a Comissão de Carnaval formada por integrantes da Agremiação.

Em 2017 a Dragões da Real conseguiu uma excelente classificação, o vice-campeonato, perdendo em uma disputa eletrizante no último quesito para a atual campeã do carnaval de São Paulo.

E para permanecer com os excelentes resultados desse ano e “acertar os ponteiros”,  para obter o tão desejado título do carnaval de São Paulo será com certeza a missão da galera da Dragões da Real.

A Bateria Ritmo que Incendeia, sob regência do mestre Tornado, juntamente com a ala musical comandada pelo  Rouxinol da Escola René Sobral  despediram- se  ao coro dos componentes da Dragões  de um das mais belas composições de 2017,   “Dragões da Real Canta Asa Branca”  que abordou na Avenida  todo o sofrimento  do homem do sertão, com o seu desejo de  que a água caísse do céu.

O presidente Renato Remondini , o Tomate, começou o seu pronunciamento   afirmando, que tinha sido uma decisão difícil, onde agradeceu  aos compositores dos dois sambas por terem proporcionado a mais emocionante final de samba enredo da escola.

E ao término, René cantou o samba 1 dos compositores Armênio Poesia, X andino No cérebro, Léo do Cavaco, Ronaldo Maransaldi, Renner Campos, Paulo Senna, Alemão do Pandeiro, Fábio Brazzaville,  CG e Wagner Rodrigues.

A Dragões da Real será a 6ª escola a desfilar na segunda noite de desfiles no Sambódromo do Anhembi ( 10/02/18).

Por: Shirlei Dias 

Voltar